CONSIDERAÇÓES SOBRE LICENCIATURAS NA MODALIDADE EAD: O CASO ARAGUATINS (TO)

Rosani Cesário Pereira

Resumo


Nesta monografia se apresentam considerações sobre Licenciaturas na Modalidade de Educação a Distância (EaD). O objetivo geral da pesquisa éaveriguar o desempenho dos cursos de Licenciatura dos Centros Associados ligados ao Pólo Presencial de Araguatins (Tocantins), visando promover melhorias que sejam de âmbito local na prestação de serviços educacionais. Dividida em três capítulos, sendo que o primeiro apresenta a EaD e seus aspectos legais, o segundo trata da formação de professores no Brasil eapresenta o caso do Pólo de Araguatins, seguido da Metodologia, que detalhaa investigação, do tipo qualitativa e exploratória, da pesquisa de campo, aanálise dos resultados obtidos, seguidos das Considerações Finais e a partir dodiagnóstico promover soluções que se façam necessárias, através de aplicaçãodos objetivos propostos.


Palavras-chave


EADCON. Educação a Distância. Licenciaturas EaD

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Rubem. Entre a ciência e a sapiência. O dilema da educação. São Paulo: Loyola - 10ª Ed. 2003.

BRASIL, Ministério da Educação. IES credenciadas para a oferta de EaD. Disponível no site: Acesso em 14 jun 2009.

DACOREGGIO. Marlete dos Santos. Ação docente: uma ação comunicativa, um olhar para o ensino superior e a distância. Ed. revista: Florianópolis, edição da autora. 2001.

DELORS. Jacques. Educação: um tesouro a descobrir. 4ª Ed. São Paulo: Cortez, 2002.

DEMO, Pedro. Pesquisa e construção de conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro 2007.

LITWIN, Edith. (org.) Tecnologia Educacional - política, histórias e propostas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

MORAN, José Manuel. Novos caminhos do ensino a distância. ln Informe CEAD - Centro de Educação a Distância. SENAI, Rio de Janeiro, ano 1, Nº. .5, out-dez 2002. 9 p.

______. ln RICARDO. Eleonora Jorge (org.). Educação Corporativa e Educação a Distância. Rio de Janeiro: Editora Qualitymark, 2005, 204 p.

______. MASETI'O. Marcos & BEHRENS, Marilda. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 5ª ed. São Paulo: Papirus, 2004, 339 p.

______. NÓVOA. Antônio (org.). Os professores e a sua formação. Lisboa, Portugal: Publicações Dom Quixote, 1995.

______. Concepções e práticas de formação contínua de professores. In Formação Contínua de Professores: Realidades e Perspectivas. Aveiro: Universidade de Aveiro, 1991.

______. SEVERINO. A. J. Metodologia do Trabalho Científico. 21ª ed. São Paulo: Cortez, 2000.

______. SILVA, Mozart Linhares. A urgência do tempo: novas tecnologias e educação contemporânea. ln (org.) Novas Tecnologias: educação e sociedade na era da informática. Belo Horizonte: Autêntica, 2001, p. 11-38.

______. SOARES, Maria Susana A. (Org.) A Educação Superior no Brasil. Brasília, CAPES - UNESCO, 2002, p 251-274.




Diretos Autorais

 

A revista Gepesvida é de acesso livre. É, portanto, fundamental que o autor ao utilizar-se dela para publicação de trabalhos observe conduta apoiada em princípios éticos, de modo a respeitar o direito de propriedade intelectual sobre a obra a ser submetida. 

 Dessa maneira, as Revistas Eletrônicas do ICEP buscam agir sob uma política de publicação no intuito de proteger seus interesses como veículo divulgador da ciência, bem como garantir os interesses de seus colaboradores que aqui depositam sua confiança publicando o resultado de suas pesquisas científicas.


O termo de cessão que segue é regido pela lei n° 9.610/1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais no Brasil.