A IMPORTÂNCIA DOS SABERES DOCENTES PARA A PRÁTICA PEDAGÓGICA

Neusa Maria Arndt Weinrich Araujo Schne, Graziela Prates Batista

Resumo


Este artigo é resultado de um estudo de caso que buscou analisar os Saberes Docentes necessários à prática pedagógica dos professores, em uma escola de ensino fundamental da rede municipal de Lages, SC. Utilizou-se como referenciais básicos os estudos de Edgar Morin, os Parâmetros Curriculares Nacionais do MEC, dentre outros autores. O método de coleta de dados foi através de uma entrevista semiestruturada aplicada a quatro professores que envolveram educadores desde o  primeiro ano até o nono ano do ensino fundamental. As principais contribuições deste trabalho visam uma análise dos conhecimentos teóricos necessários para buscar uma educação de qualidade que venha a interagir com as necessidades do aluno da pós- modernidade.

 


Palavras-chave


Saberes docentes, formação profissional, prática pedagógica e saberes plural.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, Marina Patrício e PORTAL, Leda Lísia Franciosi. Saberes e Fazeres Docentes: o dilema da reforma do pensamento e da prática pedagógica do educador do século XXI. Revista Percursos. Florianópolis. 2012.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011, 229 p

Brasil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Conselho Nacional da Educação. Câmara Nacional de Educação Básica. Brasília: Mec, SEB, DICEI, 2013.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 2008.

DISPONÍVEL EM: https://ayanrafael.files.wordpress.com/2011/08/gil-a-c-mc3a9todos-e-tc3a9cnicas-de-pesquisa-social.pdf

MEDEIROS, Marinalva Veras e CABRAL, Carmen Lúcia de Oliveira. Formação docente: da teoria à prática, em uma abordagem sócio-histórica Revista E-Curriculum. 2006.

Disponivel em: http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/viewFile/3122/2060 Acesso:12/06/2016.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro.Tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya ; revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. – 2. ed. – São Paulo : Cortez ; Brasília, DF : UNESCO, 2000.

PRODANOV, Cleber Cristiano. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico] 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

DISPONÍVEL EM: http://www.faatensino.com.br/wp-content/uploads/2014/11/2.1-E-book-Metodologia-do-Trabalho-Cientifico-2.pdf

SANTIN, Erenita Zonta e MIATO, Viviane Pereira. A prática pedagógica frente á crise dos paradigmas educacionais. X Congresso Nacional de Educação- EDUCERE. Curitiba.2011.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2007. Bibliografia ISBN 978-85-249-1311-2 1. Metodologia 2. Métodos de estudo 3. Pesquisa 4. Trabalhos científicos 1. Título. 07-6294 CDD-001.42




Diretos Autorais

 

A revista Gepesvida é de acesso livre. É, portanto, fundamental que o autor ao utilizar-se dela para publicação de trabalhos observe conduta apoiada em princípios éticos, de modo a respeitar o direito de propriedade intelectual sobre a obra a ser submetida. 

 Dessa maneira, as Revistas Eletrônicas do ICEP buscam agir sob uma política de publicação no intuito de proteger seus interesses como veículo divulgador da ciência, bem como garantir os interesses de seus colaboradores que aqui depositam sua confiança publicando o resultado de suas pesquisas científicas.


O termo de cessão que segue é regido pela lei n° 9.610/1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais no Brasil.