APRENDIZAGEM LÚDICA: O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO POR MEIO DOS JOGOS E BRINCADEIRAS

Fernanda Fernandes, Sônia Silvestri

Resumo


O propósito desse artigo é apresentar a experiência vivenciada no Projeto da Residência Pedagógica (RP) do Centro Universitário Municipal de São José (USJ) que ocorreu num Colégio Municipal na sala de alfabetização. A presença dos jogos e brincadeiras como estratégia pedagógica para a aprendizagem das crianças do ensino fundamental é assunto que tem conquistado espaço nas práticas dos educadores. O desafio da RP partiu da ideia de que é possível conjugar a alfabetização das crianças com jogos e brincadeiras, num diálogo profícuo em que o lazer e prazer pelo aprender torna conhecimento mais significativo para as crianças. Podemos considerar que a alfabetização e o letramento das crianças pautados na aprendizagem lúdica promove nas crianças a ampliação de competências e habilidades para entender o mundo, por meio das atividades prazerosas.

Palavras-chave


Alfabetização. Jogos e Brincadeiras. Aprendizagem lúdica.

Texto completo:

PDF

Referências


BROUGÉRE, Gilles. Brinquedo e cultura. O papel do brinquedo na impregnação cultural da criança. 8 ed. Cortez Editora. São Paulo. 2010

BROUGÉRE, Gilles. A Criança e a Cultura Lúdica in O Brincar e suas Teorias. Kishimoto T.M.(organizadora).São Paulo:Pioneira,1998.

BROUGÉRE,Gilles. Brinquedo e Cultura. Traduzido por Gisela Wajskop. 4 ed.São Paulo, Cotez, 2001.

FERREIRO, Emília & TEBEROSKY, Ana. A psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1999.RAMOS, Danielle Cristina; RIBEIRO, Sheila Maria; SANTOS, Zuleica A. G. Os jogos no desenvolvimento da criança. In: ROSA, Adriana (Org.). Lúdico & Alfabetização. Curitiba: Juruá, 2011, p.38 -43.

LEAL, Telma Ferraz; MENDONÇA, Márcia; MORAIS, Artur Gomes de; LIMA, Margareth Brainer de Queiroz. O lúdico na sala de aula: projetos e jogos. Fascículo 5. In: BRASIL, Ministério da Educação. Pró-Letramento: Programa de Formação Continuada de Professores dos Anos/Séries Iniciais do Ensino Fundamental: alfabetização e linguagem. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. 2008. p. 1-37.

RODRIGUES, Lídia da Silva. Jogos e brincadeiras como ferramentas no processo de aprendizagem lúdica na alfabetização. Dissertação (mestrado) - Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós -Graduação, 2013.97 f

ROJO, Roxane. Produzir textos na alfabetização: projetando práticas. In: Revista Educação – Guia da Alfabetização: Os caminhos para ensinar a língua escrita. N. 1. p. 44-59, SP: Editora Segmento, 2010.

SOARES, Magda Becker. Simplificar sem falsificar. In: Revista Educação – Guia da Alfabetização: Os caminhos para ensinar a língua escrita. N. 1. p. 6-11, SP: Editora Segmento, 2010.

TFOUNI, L. V. Letramento e alfabetização. 9ª ed. São Paulo: Cortez, 2010.




Diretos Autorais

 

A revista Gepesvida é de acesso livre. É, portanto, fundamental que o autor ao utilizar-se dela para publicação de trabalhos observe conduta apoiada em princípios éticos, de modo a respeitar o direito de propriedade intelectual sobre a obra a ser submetida. 

 Dessa maneira, as Revistas Eletrônicas do ICEP buscam agir sob uma política de publicação no intuito de proteger seus interesses como veículo divulgador da ciência, bem como garantir os interesses de seus colaboradores que aqui depositam sua confiança publicando o resultado de suas pesquisas científicas.


O termo de cessão que segue é regido pela lei n° 9.610/1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais no Brasil.