A INSERÇÃO PROFISSIONAL DE ENFERMEIROS RECÉM-FORMADOS

Mayara Ana da Cunha, Ana Claudia Delfini Capistrano, Rafaella Rebello, Tânia Regina Raitz

Resumo


A inserção profissional pode ser o motivo de preocupação para muitos jovens brasileiros, uma vez que se constitui num momento crucial da trajetória de qualquer profissional. Na área de Enfermagem percebemos a necessidade do entendimento do jovem Enfermeiro sobre o mercado de trabalho. Objetiva-se nesta pesquisa compreender e analisar as expectativas e desafios de enfermeiros recém-formados (egressos), do curso de Enfermagem de uma Universidade Comunitária na região Sul do Brasil, sobre sua inserção profissional. A pesquisa é exploratória, de abordagem qualitativa. Os informantes são egressos recém-formados do curso de Enfermagem, da Univali, que aceitaram participar da pesquisa. A coleta de dados ocorreu num primeiro momento a aplicação de um questionário com perguntas abertas e fechadas e, num segundo momento, foram realizadas entrevistas com 9 (nove) sujeitos. Após codificação das falas categorizou-se os eixos: Expectativa profissional, Relacionamento Multiprofissional e Desafios da profissão. Todas as entrevistadas são mulheres entre 23 a 38 anos, maioria de cor branca, não possuem filhos e com renda entre 5 (cinco) a 10 (dez) Salários Mínimos. Quanto a inserção no mercado de trabalho, grande parte das profissionais buscou se inserir ou estava desempregada na época da pesquisa. Na categoria Expectativa Profissional as entrevistadas relataram sobre a valorização da profissão, a busca por melhores salários e as condições de trabalho. Na categoria relacionamento multiprofissional não demonstraram dificuldades com a equipe em que atuavam. Os desafios da profissão englobam fatores que vão desde questões institucionais até as culturais. Conclui-se que investigações como esta deixam sinais relevantes, uma vez que vivenciamos em nosso cotidiano as problemáticas relatadas pelos egressos pesquisados. Isso se revela nos sonhos, desejos e projetos que todo o enfermeiro carrega consigo na inserção do primeiro emprego.


Palavras-chave


Educação em Enfermagem, Inserção Profissional, Profissionais de Enfermagem

Texto completo:

PDF


Diretos Autorais

 

A revista Gepesvida é de acesso livre. É, portanto, fundamental que o autor ao utilizar-se dela para publicação de trabalhos observe conduta apoiada em princípios éticos, de modo a respeitar o direito de propriedade intelectual sobre a obra a ser submetida. 

 Dessa maneira, as Revistas Eletrônicas do ICEP buscam agir sob uma política de publicação no intuito de proteger seus interesses como veículo divulgador da ciência, bem como garantir os interesses de seus colaboradores que aqui depositam sua confiança publicando o resultado de suas pesquisas científicas.


O termo de cessão que segue é regido pela lei n° 9.610/1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais no Brasil.